segunda-feira, 11 de abril de 2011

Thyridia psidii (Linnaeus, 1758).

Thyridia psidii.

Nota sobre morfologia externa de Thyridia psidii.
Por: Jorge Manuel Saraiva Bizarro; Mirna Martins Casagrande; Olaf Hermanm Hendrik Mielke

Morfologia externa de Thyridia psidii cetoides (Rosenberg & Talbot). I. Cabeça e apêndices (Lepidoptera, Nymphalidae, Ithomiinae)1

External morphology of Thyridia psidii cetoides (Rosenberg & Talbot). I. Cabeça e apêndices (Lepidoptera, Nymphalidae, Ithomiinae).



A classificação de Lepidoptera para as categorias taxonômicas superiores, especialmente família, evoluiu consideravelmente desde a criação do sistema de nomenclatura zoológica por Linnaeus (1758). A controvérsia atual entre os especialistas na ordem versa sobre a atribuição de categorias taxonômicas superiores aos diversos grupos naturais já definidos.
As propostas mais recentes para a sistemática de Lepidoptera são as de Heppner (1996) e Kristensen (1999), sendo que o primeiro não hesita em afirmar que no momento atual, qualquer tentativa de estabelecer uma classificação adequada se reveste forçosamente de um caráter provisório. A causa principal é o conhecimento pouco detalhado e sistematizado, solidamente fundamentado, da morfologia comparada de imaturos e adultos, ontogenia e ecologia; aliado por sua vez ao escasso conhecimento das propriedades e escopo de variabilidade dos caracteres da taxonomia molecular. Esse panorama é duplamente agravado pela grande diversidade morfológica e pelo colossal número de espécies em algumas das famílias na ordem, dificultando aos lepidopteristas o estabelecimento de caracteres substanciais, sobre os quais se possa construir uma classificação mais estável.
Entre as borboletas diurnas, a família mais numerosa é Nymphalidae, que apesar de estabelecida taxonomicamente como um grupo natural, nos níveis inferiores à categoria família não está isenta de controvérsia sistemática, estando ainda longe de uma classificação satisfatória. Existem muitos grupos naturais bem definidos, mas as relações entre eles continuam obscuras, em parte porque na sistemática de Lepidoptera se tem, desde há muito, tendência a usar um grupo particular de caracteres, ignorando, por questão de metodologia ou tradição, outros eventualmente pertinentes. Assim, assiste-se ao aparecimento de muitas tentativas de classificação baseadas em combinações de caracteres diferentes, sendo os resultados díspares, conforme o conjunto usado. Conclusivamente, Ehrlich (1958b), influenciado na época pela escola fenética, defendia a necessidade de proceder a um estudo básico e completo da morfologia de representantes dos diversos grupos naturais, usando o maior número possível de caracteres na resolução dos problemas taxonômicos.
Dentro dessa linha e na seqüência de outros trabalhos relativos à morfologia externa de membros da família Nymphalidae, o objetivo do presente é proceder ao estudo da morfologia externa de um membro basal da subfamília Ithomiinae, tribo Mechanitini (Fox 1949, 1967, D' Almeida 1978, Mielke & K. Brown 1979): Thyridia psidii cetoides (Rosenberg & Talbot, 1914).

Leia mais a respeito deste trabalho publicado na Revista Brasileira de Zoologia em:


Lagartas de Thyridia psidii.
São bem caracteristicas da espécie, sendo totalmente brancas com uma borda amarelada na lateral e nos apêndices e a cabeça preta.


Lagartas de Thyridia psidii.

Lagartas de Thyridia psidii.

Lagartas de Thyridia psidii.

Lagartas de Thyridia psidii.

Lagarta de Thyridia psidii.

Lagarta de Thyridia psidii.

Lagarta de Thyridia psidii.

Lagartas de Thyridia psidii.

Lagartas de Mechanitis e Thyridia psidii.
Mechanitis e Thyridia podem ocorrer juntas na mesma planta hospedeira.

Lagartas de Mechanitis e Thyridia psidii.

Lagartas de Mechanitis e Thyridia psidii.

Lagartas de Mechanitis e Thyridia psidii.

Lagartas de Mechanitis e Thyridia psidii.


Pré pupas de  Thyridia psidii.

Pré pupas de  Thyridia psidii.


Pupa de  Thyridia psidii.

Pode ser facilmente confundida com pupas de Mechanitis.

Pupa de  Thyridia psidii.

Pupa de  Thyridia psidii.

Pupa de  Thyridia psidii.

Pupa de  Thyridia psidii.

Pupa de  Thyridia psidii.

Pupa de  Thyridia psidii.



Adulto de  Thyridia psidii.

Adultos de Thyridia tambem podem ser facilmente confundidos com  a bastante conhecida;  borboleta-do-manacá (Methona themisto)

Adulto de  Thyridia psidii.

Adulto de  Thyridia psidii.

Adulto de  Thyridia psidii.

Adulto de  Thyridia psidii.

Adulto de  Thyridia psidii.





Departamento de Zoologia, Universidade Federal do Paraná. Caixa Postal 19020, 81531-980 Curitiba, Paraná, Brasil. Bolsista CNPq. E-mail: bizarro@xmail.com.br; mibras@ufpr.br; omhesp@ufpr.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário